Páginas

2º Encontro Brasileiro das Feras do Laço Comprido

Campeões força A
Terminou domingo dia 05 o 2º Encontro Brasileiro das Feras do Laço Comprido, em Ipê – RS. O evento como era de se esperar foi um sucesso correspondendo a todas as expectativas. 130 laçadores participaram da modalidade principal (Duelo individual,) valendo R$ 60 Mil. 39 deles obtiveram 100% de aproveitamento na fase classificatória, quando foram jogadas 25 armadas. 33 deles perderam uma única armada e se classificaram para a força baixa. No duelo de prendas foram aproximadamente 40 inscrições. Esses números comprovam que o nível de laço foi alto, e a qualidade do gado e pista eram excelentes. Esta é a primeira pista de laço coberta em que visito e fiquei abismado com toda a estrutura oferecida aos laçadores. Ainda não estive nas demais canchas cobertas do Brasil e por isso suponho que nenhuma delas deve ser superior a essa. Pode ser igual, superior só eu vendo para crer!

Dentro de cancha destaque para os laçadores Angelito Hernandez, Rick do Canto, Alessandro Dornelles e Lucas Forgiarini, que confirmaram a expectativa e bateram o recorde da cancha, e do Brasil, sendo jogadas 117 armadas sem errar, em uma única modalidade e sem reinscrições. Lembro que a organização do Duelo na pessoa de Brina Vicentin em nenhum momento concordou que os laçadores parassem a disputa, dividindo assim o título. O dinheiro podia ser dividido mais o título era pra um (1) laçador. De qualquer forma os quatro competidores que estavam na disputa se recusaram a prosseguir e assim são considerados os campeões do 2º Encontro Brasileiro. Sendo assim o título ficou dividido em quatro partes.



Angelito Hernandez – de Tupanciretã – RS, laçador novo de 18 anos de idade provou ser mais uma fera escondida nesse Rio Grande. Sua atuação foi impressionante e digna de aplausos.

Rick do Canto – Santa Maria – RS, o ultimo laçador a se inscrever no duelo graças a uma desistência, provou que tudo é possível quando se acredita nas oportunidades. Laçou muito também.

Alessandro Dornelles - Ibiaça - RS, gaúchão, campeiro, lidador, armada de longe, campeão da força baixa no primeiro duelo, mostrou estar em ótima forma. Desde de quando conheço sempre foi muito bom laçador. 

Lucas Forgiarini - Natural de Santa Rosa - RS, mora atualmente no litoral gaúcho. Lucas mostrou que sua vontade de vencer é maior que tudo. O laçador mais aguerrido de todos. Olha para o boi com fome de vitoria. jogou 117 armadas sem perder o foco. 

Na força baixa foram jogadas 58 voltas de laço para decidir os cinco campeões que embolsaram a premiação de R$ 10 Mil, R$ 2 mil para cada. Sendo os vencedores: Willian Dias, Gilson Santos, Silvio Neto, Thaian de Avila e Joélcio Andrade.

Duelo de Prendas: Nas prendas o show ficou por conta de Ariane Soares, Mariana Ciocari e Amanda Rossa. As três dividiram o titulo e o premio de R$ 5 Mil, após terem jogadas 31 voltas de laço. Ariane chegou perto de 100 armadas durante o evento sem errar. 91 precisamente. Amanda Rossa - PR também deu show. As duas laçaram o duelo aberto e classificaram na força alta. Laçaram mais que muito marmanjo. São feras!

Laço Duplas: Na Taça em duplas valendo R$ 5 Mil os campeões foram: Alan Soares e Thaian de Avila - Aquiles Pereira e Luan da Silva.

Curiosidades: 

  • Cássio Pianaro do parana não aceitou repartir em 8 laçadores. 
  • Depois aceitando o racha quando restavam 6 competidores. 
  • O racha aconteceu após a volta de numero 107. 
  • Edivaldo Oliboni também chegou no 1º racha do dinheiro. 
  • Juliano Souza laçou muito, jogou mais de 105 armadas, o que não foi suficiente para ganhar dinheiro na prova.

Pra encerrar gostaria de dizer a vocês, que esse tipo de laçada é essencial para o tiro de laço. Reunir os melhores laçadores do Brasil e distribuir generosas premiações é vital para o engrandecimento do nosso querido esporte, tradição e cultura. Como também os rodeios menores tem sua importância. Quanto mais eventos de todas as proporções tiver, melhor!

Abraço e parabéns a todos!!



2 comentários:

  1. Lembrando que o Angeliro Hernandes é filho de grande laçador e irmão de um dos maiores laçadores da história do RS, o afamado Diego Hernandes (braço de ouro e braço de diamante) multicampeão de rodeios. E o próprio Angelito é braço de ouro do RS e o atual braço de diamante. Família de tradição e que merece ser reconhecida no Brasil todo.

    ResponderExcluir
  2. Nivel muito alto parabens a todos os vencendores,a forca baixa ja é uma selecao

    ResponderExcluir