Páginas

Publicidade Pampa Sul

Entrevistando vencedores com Vanderlei Vaz

Hoje trago uma entrevista exclusiva com Vanderlei Vaz, um campeão da dupla, individual e ex-campeão da Vacaria. Um dos maiores currículos do laço comprido, confira:

Nome: Vanderlei Vaz

Natural: Pilar do Sul - SP

Idade atual: 42

Idade que começou e como: Laço desde os 9 anos - comecei quando fui trabalhar no campo com meu pai, na lida com o gado. A partir daí comecei a laçar bezerros para curar e fui pegando gosto. Depois disso, a partir dos 12 comecei a laçar em torneios perto de casa.

Vacaria 2002
Títulos que gostaria de citar: Campeão do laço em dupla ao lado de Reni Soares, um amigo e irmão que o laço me deu, no Rodeio Internacional de Vacaria - RS (2002); Camionete no individual na cidade de Itaí-SP (1999), Bicampeão do Crioulaço ABCCC (2010 e 2011) junto com Ed Plens; Primeiro carro junto com Amanda no laço em dupla na cidade de Guareí-SP, (2015) onde estavam presentes as melhores duplas do Brasil.

Currículo: Mais de 2.000 títulos junto com as duas filhas no laço comprido. Já fui campeão em Porto Alegre, Ipê, Osório, Caxias do Sul, Gravataí, Portão, Tapejara, São João da Urtiga, Rolante, Esteio, Lomba Grande, Passo Fundo, Julio de Castilhos, Flores da Cunha, Antônio Prado, Imbé, Machadinho, Os Praianos, Barra Velha, Correia Pinto, Campos Novos, Joinville, Chapecó, Rio do Sul, Curitiba, Ponta Grossa, Telêmaco Borba (título inesquecível ao lado do meu ídolo e hoje grande amigo Sebastião Borges), Mandirituba, Canta Galo, Candói, Guamiranga, Sengés, Campo Largo, Almirante Tamandaré, Palmeira, Castro, Irati, Tibagi, Itaí, Paranapanema, Buri, Avaré, Angatuba, Bernardino de Campos, Pirajú, Óleo, Cerqueira César, Salto de Pirapora, Pilar do Sul, Capela do Alto, Itapetininga (campeão nacional laço individual - encontro de seleções), Sarapuí, São Miguel Arcanjo, Araçoiaba da Serra, Sorocaba, Itatinga, Itararé, Iaras, Sete Barras, Registro, Santa Cruz do Rio Pardo, Fartura, Porangaba, Guareí, Araçatuba, Jataí-GO, Campo Grande, Ribas do Rio Pardo - MS, entre outros.

Uma disputa, (um rodeio) inesquecível? Ser campeão do laço Seleção, Individual e Ex- campeão na mesma edição do Rodeio Internacional de Vacaria, em 2004. Feito nunca realizado por um laçador em um rodeio da Vacaria.

No meio do laço há alguma pessoa em especial que você admira? Pompilio Ramos - na minha opinião, o melhor laçador do Brasil. De uma humildade sem medida e sempre junto da família. Um verdadeiro guerreiro.

E minha filha Amanda, sou com certeza o maior admirador dela, por ser uma guerreira. Me emocionou muito com a final da camionete no CLC, onde não pude laçar com Pedro que iria ser minha dupla, ela enfrentou a disputa e foi campeã no meio das feras, esse foi um feito histórico! Em breve a Fernanda vem aí, seguindo os nossos passos.

Uma equipe dos meus sonhos:
Alfredo do Carmo, Ed Plens, Reni Soares, Luciano Camargo e Vanderlei Vaz.

Uma equipe dos sonhos da atualidade?
Pedro Luís, Alan Soares, Thaian de Ávila, Pompilio Ramos e Duzinho Biazon.

Uma dica para quem está começando agora? Dedicação, fé e respeito!

Além de um grande laçador, você é um ótimo pai. Nos conte da satisfação de laçar e ter sua filha, Amanda Vaz, como parceira? Me sinto muito honrado por ela estar ao meu lado e dando continuidade na minha carreira. Eu amo laçar e ter minhas filhas e minha esposa ao meu lado é muito importante para mim. Minha esposa Claudineia sempre esteve ao meu lado, apoiando, incentivando e torcendo. É emocionante ver Amanda disputando de igual para igual com os melhores laçadores do país e conquistando títulos importantes, como a camionete no CLC em 2016, onde eu não pude laçar pois estava machucado e ela foi lá e conquistou. Também já esteve ao meu lado em conquistas importantes como o laço equipe em Rolante, em Jataí e diversos outros rodeios pelo Brasil. Hoje ela é minha parceira oficial do laço em dupla. Além da Amanda, também tenho a Fernanda, que hoje está com 15 anos e está se preparando e também me acompanha em todos os rodeios.

Em quais estados brasileiros você já laçou? RS, SC, PR, SP, GO e MS.

Você se sente realizado com o laço comprido? Há algum titulo que ainda almeja? Me sinto muito realizado e hoje agradeço a Deus pois todos os títulos que um dia sonhei em ganhar, com muita determinação e dedicação, eu alcancei.

Você um dos maiores campeões pode nos dar uma dica, um segredo. Como chegar bem, em alto nível num rodeio? Alguma preparação especial? O maior segredo é a determinação e o amor pelo que faz. Sempre fui apaixonado pelo laço e antes de pensar no prêmio que estava concorrendo, eu sempre senti prazer em laçar. É importante que sempre se tenha respeito pelas pessoas e acima de tudo muita humildade, pois de nada vale um campeão se junto com ele não andar a humildade. Ter muita fé, acreditar nos objetivos, muita força de vontade. O treino também é fundamental para chegar bem em um rodeio, e sempre ter muita calma e estar com o psicológico preparado para as finais, se preparar sempre para suportar a pressão das finais e não se importar com o nível dos demais competidores, e sim se concentrar em pegar um boi de cada vez, é o que falo para minhas filhas todos os dias!

Considerações finais: Agradeço ao Blog pela entrevista e pelo espaço para falar um pouco sobre minha história dentro desse esporte apaixonante que é o laço comprido, que já me deu muitos títulos, mas acima de tudo amizades para uma vida toda.

https://www.facebook.com/marcosvarellla
Publicidade
Sensacional a palavra dessa lenda, muito proveitosa mesmo. Me lembro bem de algumas disputas memoráveis como a de Rolante – RS, na Cabanha Liberdade, na laçada Milionária, quando Vanderlei e Ed Plens bateram Luciano Camargo e Alfredo do Carmo, na final, dando quase 50 voltas e conquistando a camionete 0KM. 

Esse é fenômeno. Um dos melhores que tive e tenho o prazer de ver laçar. 

Nos do BFL que agradecemos a entrevista. Muito obrigado!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Banner responsivo

Banner grande celulares moveis