Páginas

Adsense cabeçalho

Publicidade Pampa Sul

Polêmica envolvendo os esportes equestres

 Na semana passada tivemos a manifestação dos vaqueiros em Brasilia – DF que reivindicava a legalização da Vaquejada, nesta temos uma liminar em Joinville proibindo provas com animais no CTG Chaparral. Hoje foi votado no senado o projeto de lei 24/2016 onde aprova a Vaquejada, Rodeios e Provas Equestres como cultura imaterial do Brasil. Aproveitando o tema o blog Falando de Laço desafia e abre espaço para pessoas importantes e influentes do meio do cavalo, avaliarem a situação e opinarem sobre o assunto.

Nesta primeira semana o convidado é o cowboy Leandro Baldissera, de Capão Bonito – SP - (Baldissera é agropecuarista, criador de cavalos de rodeio, competidor de várias modalidades de rodeio, com destaque na sela americana, onde foi 8 vezes campeão do Rodeio de Barretos – SP. Leandro também pratica e participa de provas de Laço Comprido, onde já foi campeão brasileiro do rodeio de campeões da (CBTG) no ano de 1999, em Ponta Porã – MS.)

Com a palavra Leandro Baldissera:

A VISÃO DO LADO DE DENTRO

Desde que o mundo é mundo existe os animais carnívoros e os herbívoros para que haja um total equilíbrio da natureza.

Hoje tem alguns seres humanos ditos como "veganos" que querem mudar a ordem das coisas, insistindo para que a humanidade não tenha mais contato algum com os animais (alegando maus tratos), fazendo com que saia do topo da cadeia alimentar e perca todo e qualquer tipo de relação com os mesmos. Coisa que levamos milhares de anos para construir.

Respeito, mas entendo que essa ideologia é absurda e sem fundamento algum, pois além de não ser sustentável para o mundo que vivemos, vai totalmente contra a natureza.

A maioria desses indivíduos lutam por uma causa que pouco conhecem, pois não tem ideia de onde vem, e como é feito para produzir os alimentos que consomem.

A maior parte dessa gente é usada como massa de manobra de interesses de ONGs altamente lucrativas e personalidades querendo se promover com a causa.

Aí eu pergunto: Se não puder mais comer carne no mundo, os leões, tigres, tubarões, crocodilos e todos os outros animais carnívoros devem ser extintos? Porque os bichos abatidos por eles sentem ao morrerem?

Se não puder mais criar animais para o consumo humano e para lazer organizado, pra onde irá todo esse rebanho?

Acham que os cavalinhos, boizinhos, cabritinhos, porquinhos e afins vão continuar nos criatórios somente para serem observados?

Será que eles tem ideia de quanto mais de terra será necessário para a produção de vegetais?

Será que eles tem ideia que muito mais que produzir carne, pra produzir alimentos, cereais e vegetais milhares de seres vivos como peixes, passarinhos, insetos e tantos outros são mortos com inseticidas e pesticidas?

Será que os vegetais não sentem dor também, pois o aço que é usado com os animais no abate é o mesmo que cortam os vegetais na colheita?

Será que eles tem ideia que para produzir cereais e vegetais precisam de muitos insumos produzidos pelos animais como os fertilizantes, defensivos e vários outros itens?

Será que eles tem ideia que se um cavalo não puder mais ser montado, um cachorro também não pode mais ser criado como animal de estimação, afinal, a lei é pra todos. Não é?

Eu sou produtor rural, além de produzir carne e cereais, tenho meus animais de trabalho e lazer e os trato com maior carinho e respeito.

Eu amo meus animais e dedico a minha vida à eles, e às plantações, respeitando ao máximo a natureza.

O que eu acho dessa polêmica criada pelos pseudos-protetores animais?

Vejo que tem muita coisa por trás de tudo isso, muita gente mal informada sendo usada por pessoas com segundas intenções, políticos atrás de votos, anônimos querendo se promover, cantores frustrados e artistas esquecidos atrás dos holofotes.

O pior? Muita gente ganhando dinheiro as custas dessa causa medíocre e hipócrita, que não tem como objetivo principal, a real proteção dos animais.

Autoria: Leandro Baldissera



Semana que vem tem mais, serão selecionadas cinco pessoas influentes para opinar e defender essa causa. Tudo na base do argumento. Boa semana a todos!!

2 comentários:

  1. Perfeito. Disse tudo.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente. Mal informados acham que o fato de não comer carne vai resolver o problema do mundo. E pior, pensam que nós que temos cavalos, comemos carne e praticamos esportes equestres somos o terror da humanidade. Francamente esses ativistas, não conheço um que ajude ao próximo, na verdade o ramo deles é dizer que os animais são "pessoas".

    ResponderExcluir

Banner responsivo

Banner grande celulares moveis