Páginas

Adsense cabeçalho

Publicidade Pampa Sul

18º Rodeio de Canelinha/SC

Campeões da Dupla Milionaria - Alis, Ademar, Ivo e Rafael Calegari recebendo o cheque do patrão chiquinho
Terminou ontem por volta das 21h00min o 18º Rodeio do CTG Fazenda Silva Neto na cidade de Canelinha/SC. O tempo chuvoso prejudicou a festa, mesmo assim o patrão Chiquinho disse estar satisfeito com o resultado e fez questão de entregar os R$ 30 Mil aos campeões do laço “Dupla Milionária”.

Como era de se esperar o nível de laço foi alto, estando presente alguns dos melhores laçadores do Brasil. Precisamente cinco estados estiveram participando da festa: SC, RS, PR, SP e GO.

Segue os números do 18º Rodeio: Dupla Milionária 260 inscrições – Laço Equipes 100 inscrições – Analisando os números friamente percebemos que houve uma queda no número de participantes. Será reflexo da crise?

Falando de Laço
Dentro de cancha as disputas foram sensacionais e decididas com muito barro. Veja abaixo os principais resultados:
Dupla Milionária – R$ 30 Mil:
Ivo Neto e Rafael Calegari – Os Praianos – SC
Alis Dos Santos e Ademar Lima – Neco Goulart – RS

Equipe Força A:

1º Gustavo Rivarola, Tobias Lima, Alis dos Santos e Ademar Lima – RS
1º Rafael Godinho, João Eder, Aquiles Pereira e Benicio Warmling – SC

Equipe Força B:
1º Eder Barbosa, Gustavo Sartorelli, Juninho Paulista e Ivan Barbosa – SP

Taça em Quarteto:
Felipe Boni, Eder Silva, Rodrigo Alexandre e Henrique Neto – CTG Charrua – SC

Prenda:
1º Bruna Teixeira - RS
1º Adriana Soares - SC
1º Maria Eduarda Estevão - SC

Alis dos Santos e Ademar Lima, foram os dois melhores laçadores do evento. A dupla fez um Hat-Trick vencendo três modalidades: Dupla Milionária, equipe força A e quarteto embutido. Ivo Neto e Rafael Calegari, venceram seu terceiro rodeio seguido e provaram estar em ótima fase. 

Parabéns a todos!

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Parte pode ser da crise sim, mas o numero de cobrança em dinheiro em cima dos laçadores é muito alto , nos fazemos a festa, o publico não vai num rodeio se não tiver Laço, ai seria uma festa normal, falo que se os CTGs continuarem com esta tendencia em terceirizarem o rodeio, visando exclusivamente lucros, nos laçadores não profissionais vamos pensar duas vezes antes de ir para um rodeio, gasto com exames cocheiras ração ferragem somado a custos muito elevados num rodeio fica dificel, repensem, quem faz o publico ir no rodeio é os laçadores é a campeira é a tradição, um conjunto que se for rompido um elo, corre-se um
    grande risco de acabar.

    ResponderExcluir
  3. POR QUE A PROGRAMAÇÃO NÃO SEGUIU CONFORME CONVITE?

    ResponderExcluir

Banner responsivo

Banner grande celulares moveis