Páginas

cabeçalho

Publicidade Pampa Sul

O primeiro titã a gente nunca esquece!


Seguindo a saga de relembrar e reviver fatos da história do laço comprido, hoje vamos falar do duelo de titãs. Evento esse organizado por Geraldo Sussenbach, um grande tradicionalista e apoiador do tiro de laço, que vendo a evolução da modalidade resolveu dar destaque nacional para prova. Geraldo sempre defendeu a tese de que o laço merece mais. E desde o inicio de seu evento não visou fins lucrativos, já que sua fatia de arrecadação era insustentável, somente para cobrir as despesas da organização. Geraldo queria mesmo era dar visibilidade e promover o laço comprido. E foi com essa mentalidade que o mesmo organizou três duelos de titãs ( laço individual 50 armadas.) No primeiro duelo de titãs, ano de 2009 organizado na cidade de Barra do Ribeiro - RS, contou com a presença de 141 laçadores. Foi a maior concentração de laçadores de alto nível que já se viu. A elite do laço brasileiro estava em peso, sem exceções. O premio para o campeão do duelo é até hoje, o maior premio dado em dinheiro para um único laçador.
Foram nada mais nada menos que R$ 112.800,00. E o campeão dessa quantia estupenda de dinheiro foi um rapaz novo e de muita qualidade, é claro. Luan da Silva entrou para história ao realizar esse feito e tornou-se, o campeão do 1° Duelo de Titãs.
A final foi uma das mais emocionantes da história e Luan deixou para trás duas lendas do laço brasileiro. Em 2° Alan Soares - RS, e o 3° Ramon Vieira - MS.















O blog falando de laço tem a honra de realizar uma entrevista com o primeiro titã.

Blog: Qual era sua idade na época?

Luan: Estou com 22, eu tinha 17 na época.

Blog: Você é natural de onde? E laça desde que idade?

Luan: Laço desde os 7 anos e sou natural de Caxias do Sul - RS.

Blog: Você ficou nervoso em algum momento por laçar um valor tão alto em dinheiro?

Luan: Não, na hora só aquela adrenalina normal de competição.

Blog: Quantas armadas, foi necessário para ganhar esse título?

Luan: 55 armadas convertidas, sem erro e armada cerrada.

Blog: O que você pensou quando saiu para ganhar?

Luan: Na hora só pensei em laçar para ganhar o título, depois que caiu a ficha de quanto eu tinha ganho.

Blog: Conte-nos demais títulos que você considera importante em sua carreira?

Luan: Braço de ouro da 25°/RT/RS, campeão da festa campeira de laço seleção do estado em Santo Augusto - RS, bi campeão do braço de diamante da 25°RT, campeão do CTG Crioulos do Caverá ( carro 0 km ) campeão CTG Campo dos Bugres Caxias do Sul ( carro 0 km,) motos mais de 30 já.

Blog: O que você diria para alguém que está começando hoje?

Luan: Laço de inicio acho que é dom, senão tiver, tem que compensar nos treinos até aprender bem.

Blog: Numere três ou quatro itens para um bom laçador ter sucesso em suas armadas?

Luan: Confiança no que faz, braço treinado, cavalo bom e laço bom.

Blog: Como você vê a evolução do laço? Acha que vira esporte, ou fica somente na tradição?

Luan: Acho que deveria virar um esporte, ninguém laça mais pela tradição, envolve dinheiro.

Blog: Quais os 10+ rodeios da atualidade na sua opinião?

Luan: Vacaria, Fazenda San Rafael, Porto Alegre, Os Praianos, Rolantche, Rodeio do Mercosul Gravataí, Rodeio Internacional de Osório, Caxias do Sul, Rodeio do Conesul Santa Maria, Campo Verde Campo Bom.

Blog: Não poderia deixar de perguntar. Qual o segredo para colocar aquela armada tramada, parada encima do lombo da rês?

Luan: Pratica. Mais não aconselho ninguém a colocar, por que dá muito problema. Até eu em rodeio grande não tento mais.

O blog falando de laço, agradece sua participação Luan da Silva e lhe deseja sucesso.

Você sempre será o primeiro Titã do laço..




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Banner responsivo

Banner grande celulares moveis