Páginas

cabeçalho

Publicidade Pampa Sul

Duplas que marcaram época: " Aldo Brum e Zé Paraguai "



Aldo Brum, natural de Tupanciretã RS, fazendeiro, homem simples do campo que lida com gado e lavoura, simbolo da nossa tradição, nunca dispensou a pilcha nem seu chimarrão por onde passou, sempre foi e é um dos homens mais gaúchos e campeiros do estado do RS, tanto que na sua região é considerado como " estampa do Rio Grande "
Zé Paraguai, outro grande campeiro, domador em atividade até hoje ministrando cursos de doma. Natural do estado do Ceará, laçou parte do tempo pelo Mato Grosso do Sul, Paraná, depois desceu passou por Santa Catarina e enfim chegou ao estado do Rio Grande do Sul, onde mora atualmente.
Laçador de primeira linha, se juntou com outra lenda do laço, Aldo Brum, no ano de 1997, laçaram juntos durante 6 anos até 2003 e formaram uma das melhores duplas da época. Colecionaram conquistas, entre as que eles citaram como mais importantes, estão:

Campeões rodeio internacional de Osório - RS

Bi campeões da semana crioula internacional de Bagé - RS

Bi campeões do laço cavalo crioulo na Expointer - RS

Campeões internacional CTG Os Praianos - SC

Aldo, campeão laço individual rodeio de Porto Alegre - RS

Sempre laçaram simplesmente pelo prazer de laçar e rever os amigos..
Nos dias de hoje laçam mais na sua região, por conta de suas vidas e compromissos profissionais. Não laçam mais juntos..
Falando com seu Aldo o mesmo nos disse: " Que adora laçar, só que um dos motivos que o fez reduzir os rodeios, é os moldes e a organização de alguns eventos atuais, o mesmo acha que os rodeios deveriam ter cumprimentos rígidos de horários, não tolerar atrasos de laçadores, inscrições ficha seca (uma por laçador), respeito ao descanso dos participantes, não submetendo-os a " madrugadões " de laço. Há exceções, mas da forma como está sendo organizado a maioria dos eventos de hoje, me fez perder um pouco da vontade de sair de casa."

Quem viu esses homens laçando não esquece jamais!
Sorte tiveram os que presenciaram esses dois tauras do laço juntos dentro de cancha...

8 comentários:

  1. Meus 2 grandes amigos, tio aldo brum e meu amigo ze paraguai tenho muito respeito e carinho, por estes dois homens q posso chamar de homens gauchos, sempre flo . que sao os dois homens campeiro do cistema antigo e laçadores do meu tempo. um abraço pra vcs,.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. do amigo de vcs Claudio marques , e este comentario.

      Excluir
  2. Tive a satisfação de ver e aprender um pouco com estes dois laçadores!!!!
    Jamais vou esquecer o dia que o Zé Paraguai ganhou o Rodeio Os Praianos, saiu do cavalo e me deu a rédea de presente q havia prometido, grandes pessoas e excepcionais laçadores!!!!! Ass: Daniel Cunha!!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Edinho, muito bom recordar grandes nomes do laço comprido!!
    Ass: João Marques

    ResponderExcluir
  4. Sou meio suspeito em falar por ser amigo de um deles, mas na minha opiniao a dupla mais marcante, gaucha e campeira que ja vi.
    O pouco que sei credito tudo a ELES, em especial ao tio Aldo, que sempre me aconselhou, ensinou, puxou orelha... como ressaltou o blog "Sorte tiveram os que presenciaram esses dois tauras do laço juntos dentro de cancha".

    Itamir Junior!!

    ResponderExcluir
  5. Essa marcou mesmo me lembro quando o narrador chamava aldo brum e zé paraguai todo mundo da arquibancada parava pra olhar os home.

    ResponderExcluir
  6. é com certeza mais um motivo de orgulho da minha terra natal, tive o privilegio de por inúmeras vezes assisti-los, serviram de exemplo a tantos outros laçadores que até hoje deixam marca por onde passam, como por exemplo meu mano Edsom Viana, quem é da lida conhece, colecionador de muitos e troféus na região central do Estado, que as novas gerações se espelhem nessas legendas e não deixem nossas tradições se desmoronar.

    ResponderExcluir
  7. Tive o prazer de assisti-los quando foram campeões nos Praianos! Na época eu iniciante do laço comprido aos quarenta e tantos anos, me apelidaram chico Ceará jamais pensei que ali estivesse um conterrâneo laçador e grande ginete! Parabéns a esta dupla famosa, fico orgulhoso pelo Zé levar tão adiante o nome do meu Ceará! ass: Chico Ceará

    ResponderExcluir

Banner responsivo

Banner grande celulares moveis